Mobilização deixa recado de forte resistência
Servidor mostra força e determinação. Greve é suspensa por tempo indeterminado
 
 
O funcionalismo de Cotia mostrou força e interesse de lutar junto ao Sindicato e Comissão Unificada contra o golpe dado pelo Governo em parceria com os 13 vereadores da cidade para retirar os poucos direitos da categoria. Centenas de trabalhadores marcaram presença no ato e participaram da mobilização hoje (15) na frente da Prefeitura. No entanto, com objetivo de fortalecer a iniciativa e conquistar ainda mais adesões, a greve foi temporariamente suspensa.

MOBILIZAÇÃO - Com nariz de palhaço, faixas e cartazes os trabalhadores reforçaram repúdio à medida intransigente do prefeito que retira direitos como a sexta-parte, quinquênio e os auxílios-natalidade e funeral. O movimento contou com um imponente caminhão de som cedido pela nossa Federação (Fesspmesp) e a presença de lideranças da Confederação (CSPM) e dirigentes das cidades de Embu das Artes, Suzano, Itu, Guarulhos e Itapecerica da Serra.
 
 
Servidores lotaram o Paço Municipal em protesto contra a retirada de direitos aprovada na calada da noite pelos vereadores de Cotia
 
APOIO DE PESO - Já o presidente da Fesspmesp e CSPM, Aires Ribeiro, que esteve no local para reforçar o apoio à categoria, destacou que em levantamento feito pela entidade não há motivos para a Administração ter efetuado de maneira tão intransigente e sem diálogo a retirada de direitos e parabenizou os Servidores presentes pela gana de não aceitar e combater essa arbitrariedade. Ele declara: “Estamos juntos com os Servidores de Cotia e faremos o que for preciso para que esse prefeito revogue a lei e mostre o mínimo de caráter e respeito ao setor”.

PRÓXIMOS PASSOS - O Sindicato junto à Comissão unificada decidiram que a meta nesse intervalo é trabalhar a conscientização de mais Servidores para alcançar maior número de grevistas. Nosso presidente Antônio Rodrigues dos Santos (Toninho do Caps) afirma: “Uma nova assembleia, ainda sem data para acontecer, vai apresentar novas estratégias e colocar em votação a continuidade ou não da paralisação. Hoje a categoria deixou um belo recado para a Administração de que não aceita o retrocesso e irá até as últimas consequências".
 
 
Servidores tiveram espaço para discursar e demonstrar sua total indignação com a falta de respeito do Governo com o funcionalismo
 
PRÓXIMOS PASSOS - O Sindicato junto à Comissão unificada decidiram que a meta nesse intervalo é trabalhar a conscientização de mais Servidores para alcançar maio número de grevistas. Nosso presidente Antônio Rodrigues dos Santos (Toninho do Caps) afirma: “Uma nova assembleia, ainda sem data para acontecer, vai apresentar novas estratégias e colocar em votação a continuidade ou não da paralisação. Hoje a categoria deixou um belo recado para a Administração de que não aceita o retrocesso e irá até as últimas consequências".

CLIQUE AQUI E VEJA AS FOTOS DA MOBILIZAÇÃO CONTRA RETIRADA DE DIREITOS


FALE CONOSCO E FIQUE BEM INFORMADO - Acesse nossas redes sociais e interaja
conosco pelo Facebook, Flickr e Instagram. Conheça nosso canal oficial no YouTube. Fale
com o Sindicato pelo telefone 4616.5746 ou pelo nosso e-mail contato@sintraspcotia.com.br
 
Presidente do Sintrasp, Antônio Rodrigues dos Santos (Toninho do Caps), discursa aos trabalhadores palavras de ordem e luta


 
 
 
 

Colônia de Férias
Atendimento médico
Tratamento odontológico
Espaço da beleza