Repúdio a Paulo Guedes | Para o ministro, além de parasitas, Servidores são ricos e hipócritas

O ministro da Economia Paulo Guedes, que já nos comparou com parasitas em um passado bem próximo (relembre aqui), nesta segunda (27), perdeu mais uma oportunidade de ficar em silêncio. Novamente nós Servidores fomos alvo de suas falácias, dessa vez o alvo é o salário do Servidor, que ao ver do ministro, deve ser bem alto, pois em suas palavras nossas geladeiras estão cheias em meio a maior crise mundial do novo século. O Sintrasp repudia veementemente essa declaração e vamos nos movimentar contra mais esse disparate.

A declaração absurda do ministro foi a seguinte:

Precisamos também que o funcionalismo público mostre que está com o Brasil, que vai fazer um sacrifício pelo Brasil. Não vai ficar em casa trancado com a geladeira cheia assistindo à crise enquanto milhões de brasileiros estão perdendo o emprego. Não! Eles vão colaborar, eles vão também ficar sem pedir aumento por algum tempo […] por atenção dos brasileiros e para nos ajudar no combate a essa crise, não peçam aumento por um ano e meio. Contribuam para o Brasil. Essa semana mesmo devemos ter essa novidade. Um plano importante, estruturante, que mostra uma contrapartida”

Não vamos ficar calados em meio a tamanho descaso e vamos nos unir a todos os movimentos contra qualquer tipo de ataque aos direitos do trabalhador. Por que será que até agora ninguém falou em cortar os super salários? Daqueles que já ganham milhares e milhares de reais todos os meses? Esperamos respostas e ações concretas. A fala do ministro não nos intimida!

Nosso presidente Toninho do Caps comenta: Vou me repetir, mas na avaliação do Sindicato, a postura do ministro da comprova a sua ignorância ao comparar os trabalhadores do serviço público à uma elite inexistente. Somos linha de frente neste combate ao Coronavírus e não estamos assistindo tudo de camarote. Declaração LAMENTÁVEL! Quem conhece um Servidor sabe do seu valor, vivência e o sacrifício diário de cada um.

O presidente da CSPM (Confederação Nacional dos Servidores Públicos Municipais) Aires Ribeiro se posicionou sobre o tema e reproduzimos abaixo sua fala na íntegra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *